As 200 piores universidades do Brasil, segundo o MEC

385426

O principal indicador de qualidade das instituições de ensino superior no Brasil é o Índice Geral de Cursos (IGC). Em uma escala que vai de 1 a 5, o índice leva em conta a situação de cursos de graduação, por meio do Conceito preliminar de Cursos (CPC), e também a nota Capes, que mede o desempenho na pós-graduação (mestrado e doutorado).

No último ciclo de avaliação, em 2013, o Ministério da Educação (MEC) classificou cursos na área de saúde e os resultados foram divulgados nesta semana no portal do Inep. Cada área do conhecimento é avaliada de três em três anos pelo Enade. Por isso o IGC tem como base os cursos avaliados nos últimos 3 anos pelo MEC.

As instituições que não conseguem atingir 3 pontos no IGC são consideradas insatisfatórias e entram na mira do MEC, podendo sofrer sanções e medidas para sanar os problemas encontrados pelo ministério.

piores universidades

Confira as instituições de ensino superior que o MEC classificou como insatisfatórias:

2As piores faculdades #2

PosiçãoUniversidadeEstadoCursos AvaliadosICGICG contínuo
1FACULDADE BRASÍLIA DE SÃO PAULOSP110,3943
2FACULDADE DE TECNOLOGIA IAPECPR110,6270
3FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS DO CABO DE SANTO AGOSTINHOPE110,7186
4FACULDADE DE TECNOLOGIA CETEPPR110,7211
5FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DE ARARIPINAPE110,7441
6FACULDADE DE TECNOLOGIA DE NOVA ANDRADINAMS110,8045
7FACULDADE COTEMIGMG110,8576
8FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE LEOPOLDINAMG110,9205
9FACULDADE DO DESCOBRIMENTOBA110,9216
10FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE BARÃO DE COCAISMG110,9385