SiSU 2015- Tudo sobre as inscrições do Sisu 2015

23

Mesmo já existindo há alguns anos e sendo um assunto que vive na boca de jovens, principalmente dos alunos vestibulandos (aqueles que prestarão o vestibular), muitas pessoas não sabem o que é, nem como funciona o SiSU. Veja um pouco mais a seguir e fique por dentro do SiSU 2015.

 

Mas afinal, o que é o SiSU?

Sisu-2015

SiSU tem como significado Sistema de Seleção Unificada e é o sistema que o governo federal, mais especificamente o Ministério da Educação (MEC), criou para que o vestibulando possa concorrer a uma vaga de um curso de uma universidade federal. Mas para concorrer a uma vaga, não é qualquer vestibular que o aluno deve prestar. O aluno deve realizar a prova do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), promovida pelo MEC, Essa prova que o qualifica a concorrer a uma vaga pelo SiSU.

 

E como funciona o SiSU?

 

O SiSU começa a partir do momento em que o candidato se inscreve e realiza a prova do ENEM. Na prova, o candidato não pode zerar a redação, dessa forma o candidato é apto a uma das vagas que são ofertadas.

Ao receber a nota do ENEM, o candidato deve se inscrever no SiSU através do site do MEC. O candidato preenche todo um formulário onde o mesmo confirmará se concorrerá à vaga de ampla concorrência ou por cotas. Fazendo a inscrição, o candidato deve observar diariamente durante o período de inscrição do SiSU, pois a nota de corte vai alterando à medida com que as pessoas se inscrevem. Durante o período de inscrições é possível que o candidato altere a opção selecionada no começo, mas vale ressaltar que vai valer a opção escolhida no último dia de inscrição.

Quando as inscrições se encerrarem, o sistema irá selecionar os aprovados por curso pela nota, sendo o primeiro colocado o candidato com a maior média e os outros candidatos com as notas decrescentes. Quando a lista de aprovados é divulgada, há um período para que a documentação seja entregue junto à universidade concorrida, sendo a aprovação, de fato, concluída e o aluno, que antes era um vestibulando, agora é um universitário.

Até 2014, caso alguém não conseguisse apresentar toda a documentação ou desistisse da vaga, havia uma segunda e terceira chamadas e também uma lista de espera, dando ainda um pouquinho de esperança a quem não conseguiu a vaga na primeira chamada e que não ficou tão abaixo da nota de corte. No entanto, essa regra caiu e agora só existe a primeira e única chamada e a lista de espera de cada curso e universidade. Vale lembrar que para participar dessa lista de espera é necessária também uma inscrição no site do MEC.

O candidato que tentar uma vaga ofertada pelo SiSU concorrerá a estudar em alguma universidade federal, além dos Institutos Federais (IF’s) e de algumas Universidade Estaduais que adotaram o SiSU como processo seletivo.

 

Tire suas dúvidas sobre o SiSU 2015

 

Para se inscrever no SiSU 2015, é necessário portar apenas do número da inscrição e da senha que você escolheu quando se inscreveu no ENEM e claro, ter feito as provas do Enem 2014. Caso tenha esquecido sua senha, no site do MEC tem como recuperar ambos através de mensagem de texto de celular ou por email. Basta fornecer alguns dados pessoais e uma nova senha será enviada, em seguida é pedido que essa senha seja trocada para uma que lhe convém.

Caso você já tenha conseguido uma vaga pelo SiSU em anos anteriores e desistido do curso, você pode tentar novamente um novo curso, contanto que tenha participado do ENEM do referido ano.

O resultado do SiSU sai poucos dias após o término das inscrições, por isso é importante ficar atento para confirmar a vaga e entregar a documentação, validando a aprovação. As datas referentes a entrega de documentação para efetuar a matricula normalmente são as mesmas, mas elas podem mudar de universidade para universidade.

 

Informações sobre as inscrições do SiSU 2015

 

Neste ano as inscrições do SiSU 2015 serão do dia 19 a 22 de janeiro. O resultado sairá no dia 26. Também não haverá três chamadas, haverá apenas uma, sendo chamado o número de aprovados. Caso sobre vagas serão chamados quem estiver na lista de espera.

Muitas pessoas dizem que o SiSU não trouxe benefícios para a população, outros já defendem o sistema, já que dá a oportunidade do aluno concorrer a uma vaga distante sem precisar viajar até a cidade onde o curso é ministrado, além de dar vez para alunos oriundos de escola pública de poderem fazer um curso superior em universidade federal, nessa discussão entram as cotas específicas que o SiSU oferece para os alunos.

De qualquer forma, o SiSU veio para simplificar o sistema de vestibular e devemos ficar atentos às suas normas e datas. Lembrando que qualquer informação dada errada pode fazer com que você perca sua vaga na universidade.