Fies- Tudo sobre o beneficio do Fies

447

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) trata-se de um programa do Ministério da Educação proposto a financiar o ensino superior de estudantes matriculados em Universidades particulares. Foi criado no ano de 1999 e teve mudanças no decorrer do tempo, que ajudaram na contratação do financiamento.Fies

Como funciona o Fies

Os alunos matriculados em cursos em Universidades privadas, que possuem avaliação positiva pelo MEC e que participa do Programa, podem solicitar o financiamento do Fies. Porém, a solicitação é para um único curso. Alunos que tem a matricula trancada para todas as disciplinas não serão considerados regulares para a inscrição do Fies.

Desde 2011, os estudantes que concluíram o ensino médio desde 2010 e desejam solicitar o Financiamento devem ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2010 ou anos posteriores. Professores da rede pública de ensino e estudantes que terminaram o ensino médio antes de 2010, ficam isentos da exigência do Enem.

Como se inscrever no Fies

O estudante pode solicitar o financiamento em qualquer período do ano, segundo suas necessidades. Quanto às inscrições, as mesmas são feitas pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies). Após acessar o site, informe os dados solicitados. Na primeira vez serão solicitados o número do CPF, data de nascimento, endereço de e-mail e cadastramento de uma senha para acessar o sistema.

O aluno receberá no e-mail informado uma mensagem confirmando a validação do cadastro. Após esse passo, o mesmo deve acessar o site e informar dados pessoais, do curso de graduação e Universidade, e informações sobre o financiamento solicitado. Após a conclusão da inscrição, o estudante terá dez dias para validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da Universidade.

Após a validação da inscrição pela CPSA, o estudante tem mais dez dias para comparecer a um agente financeiro do Fies para formalizar a contratação. É preciso agora escolher qual será a instituição bancária, lembrando que os atuais Agentes Financeiros do Programa é a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil. Se o aluno não comparecer ao CPSA ou ao Agente Financeiro até o prazo estabelecido, a inscrição será cancelada. Mas, ele poderá fazer nova inscrição a qualquer momento.

Sobre os percentuais

Para calcular o percentual é necessário dividir por 6 o valor da semestralidade com desconto, assim terá o valor da mensalidade com desconto. Após, basta dividir o valor da mensalidade pela renda informada e multiplicar o resultado por 100, assim será obtido o percentual comprometido.

O percentual mínimo no momento da inscrição é de 50% do valor cobrado por parte da Universidade. Quanto ao valor máximo, pode ser de 100 % quando o valor da instituição comprometer mais de 60% da renda familiar, ou quando o aluno tiver bolsa parcial do Programa Universidade para Todos (ProUni). O percentual pode ser ainda de 75% quando o percentual da renda familiar for acima de 40% e inferior 60% do valor cobrado pela Instituição de ensino. E ainda de 50% quando a renda familiar for superior a 20% e inferior a 40% do valor cobrado pela Universidade. Se o estudante já pagou alguma mensalidade poderá ser ressarcido se contratar o financiamento, isso se o mesmo decorrer no mesmo semestre.